Entre julho e setembro a sul coreana Samsung foi a fabricante que vendeu mais equipamentos móveis no mercado norte-americano, segundo dados da Strategy Analytics publicados pelo The Korea Herald. Para os resultados terão contribuído a vendas de equipamentos de entrada de gama, mas também os produtos estrela da Samsung lançados mais recentemente, como o Galaxy Note 20 ou o Galaxy Z Fold 2. Tudo somado, a empresa garantiu uma quota de mercado nos EUA, durante o terceiro trimestre do ano, na ordem dos 33,7%, contra 30,2% da Apple. O top 3 fecha com a LG, que conseguiu 14,7% das vendas.

A Apple ficou assim arredada do topo da tabela de vendas no seu país de origem, posição que ocupava desde o segundo trimestre de 2017 e que no trimestre em análise não conseguiu manter. Em termos globais garantiu uma quota de vendas na ordem dos 11,9%.

Para a Samsung o trimestre trouxe outras notícias boas, também já reportadas noutras análises de mercado. A empresa recuperou a liderança mundial do mercado de equipamentos móveis, depois de a ter perdido para a Huawei no trimestre anterior.  Nas contas da Strategy Analytics, encerrou setembro com 21,9% das vendas mundiais de telemóveis no trimestre. A Huawei conseguiu 14,1% e a Xiaomi 12,7%.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.