A Samsung quer conquistar o segundo lugar no ranking nacional de fabricantes móveis. Em 2004 a empresa posicionou-se no terceiro lugar, depois da Nokia e da Siemens, sendo a terceira fabricante com maior volume de vendas.



O objectivo para o actual ano fiscal passa por subir uma posição e facturar mais que a concorrente mais directa, a Siemens, disse hoje em conferência de imprensa Jaime Ferreira, responsável pela área de telemóveis da Samsung. Nos objectivos da Samsung está ainda a liderança de vendas no mercado de equipamentos 3G.



De sublinhar que no ano passado a Samsung atingiu uma quota de 12 por cento (em valor) no mercado português, precedida pela Siemens com uma quota de 14,1 por cento e pela Nokia com 51,6 por cento.



No mesmo encontro, a Samsung apresentou o seu portfólio de equipamentos para 2005 onde se incluem três equipamentos 3G que a fabricante coreana espera contribuírem para acelerar a penetração da tecnologia em Portugal pelos preços e design, característico de equipamentos de segunda geração.



Os três têm chegada prevista às lojas para Abril ou Maio deste ano, embora não estejam ainda fechados acordos com operadores. O Z500 é o mais pequeno dos três equipamentos com 95 gramas de peso, centralizando-se nas funcionalidades de vídeotelefonia. Tem memória externa e leitor de MP3.



O Z130 é focalizado nas funcionalidades de vídeo e conta com um ecrã LCD rotativo, memória de 90 megas e 64 toques polifónicos. Por sua vez o Z300 inclui leitor de música com som estéreo e memória externa.



Os três equipamentos têm câmara de um megapixel e bluetooth. O mais caro vai custar cerca de 400 euros em operador (Z500), enquanto os restantes deverão ser colocados no mercado a 300 e 350 euros (Z130 e Z300).



Para o segmento de segunda geração e meia (GPRS) a Samsung apresentou cinco novos modelos de equipamentos que irão custar entre 130 e 400 euros. O modelo mais caro (D720) é baseado na plataforma Symbian, conta com câmara de um megapixel, leitor MP3 e memória externa.



O equipamento mais barato é mais restrito nas funcionalidades, mas conta também com câmara VGA e WAP. Entre estes está também o E720, que sucede ao E700 e que inclui câmara de um megapixel. Este equipamento permite gravar 60 minutos e integra com leitor de MP3.



Em 2004 a Samsung vendeu 86,5 milhões de equipamentos, o que lhe garantiu uma quota mundial de 12,7 por cento. O 3G é agora a grande aposta da fabricante que aponta para vendas globais de 50 milhões de unidades em 2005 (no conjunto dos fabricantes).



Este desenvolvimento expectável deverá obrigar a Samsung a uma revisão na sua estratégia de produtos e ao desinvestimento na gama alta 2,5G para não sobrepor oferta, admitiu ainda Jaime Ferreira.



Notícias Relacionadas:

2004-02-05 - Samsung apresenta últimas novidades para o mercado nacional

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.