O low-code OutSystems é ensinado em 66 universidades em todo o mundo, 13 das quais em Portugal. Estes valores significam que no último ano quase quatro mil alunos tiveram aulas com a tecnologia da empresa nacional OutSystems em todo o mundo, mais de mil no país. A tecnológica prevê ainda quadruplicar protocolos com universidades até ao final deste ano.

Depois de rumar à internacionalização para formar mais profissionais na tecnologia OutSystems com a Low-Code School, a tecnológica anuncia ainda que 350 alunos foram contratados no último ano, a maioria em Portugal e na Holanda. Em comunicado, a empresa explica que os dados são do Programa de Educação, que a empresa criou com o apoio de parceiros.

O projeto permite oferecer de forma gratuita licenciamento da plataforma low-code às universidades de todo o mundo que pretendam usá-lo para fins educacionais. A OutSystems ajuda a preparar os professores, oferece os materiais de treino, o suporte técnico durante a integração e o acesso gratuito às diferentes certificações do nível Associate.

OutSystems quer contratar 300 profissionais de TI até 2020 e há 200 vagas em Portugal
OutSystems quer contratar 300 profissionais de TI até 2020 e há 200 vagas em Portugal
Ver artigo

A maioria das universidades que ensinam OutSystems localizam-se na Europa. No entanto, a empresa faz referência a "inúmeros protocolos" assinados com universidades de outras regiões do mundo, como os Estados Unidos, a Índia, Tailândia, Singapura e Austrália. Só nos últimos meses foram assinados 22 protocolos.

Em comunicado, Gonçalo Gaiolas, vice-presidente de produto da OutSystems, destaca a importância da presença da OutSystems nas universidades. "Significa que a academia reconhece a atualidade do crescimento da OutSystems como o futuro do mercado global e a enorme potencial da tecnologia low-code na formação dos novos talentos que irão integrar o mercado de trabalho em breve", refere.

Os números divulgados surgem depois de a tecnológica se ter unido no início de maio às plataformas da PwC e Cognite, para transformar mais rapidamente os recursos digitais na área da manufaturação, energia e serviços públicos. Já anteriormente, e em plena pandemia, a empresa decidiu lançar duas edições online da Low-Code School, com a de Portugal a ter início a 26 de maio e a terminar no próximo 5 de junho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.