Apesar dos últimos números apresentados quanto à evolução do mercado móvel, Ron Garriques, chefe da unidade de telefones móveis da Motorola, mostra-se cauteloso quanto à eventualidade do aumento de vendas de dispositivos 3G para este ano, mesmo que os preços dos aparelhos venham a sofrer uma quebra. Em declarações à Agência Reuters, este executivo afirma que o preço não é a única variável a considerar.

"Os preços baixos por si só não são suficientes para retomar o aumento do mercado durante a segunda metade deste ano", disse Ron Garriques, que contesta a análise simplista de alguns analistas de mercado que referem apenas os preços como factor condicionador do crescimento do mercado.

Alguns analistas e players do mercado têm afirmado que com os preços dos aparelhos móveis a baixarem para os 200 dólares em mercados como a Europa, as vendas destes equipamentos aumentem.

Actualmente, empresas de tecnologia wireless estão a investir milhares de dólares no desenvolvimento de serviços adicionais tal como música e navegação na Web; mas para que os telefones com essas características se tornem populares como os de hoje, terão de, sobretudo, ser de fácil utilização, acrescentou Ron Garriques.

"Acredito que a dimensão do aparelho, o peso, a autonomia da bateria, as aplicações nele incorporadas e o design são tão importantes como o preço", continuou Ron Garriques. No seu entender a oferta de dispositivos 3G não é suficientemente vasta para apelar a um consumo em massa, uma vez que a maior parte dos aparelhos móveis vendidos continuam baseados nas tecnologias mais antigas.

No final deste ano, a empresa norte-americana pretende vender uma nova versão do seu mais bem sucedido dispositivo 3G, o RAZR.

Notícias Relacionadas:

2005-05-22 - Utilizadores móveis devem ultrapassar os 2,14 mil milhões este ano

2005-03-14 - Terminais smartphone e 3G impulsionam mercado móvel europeu em 2005

2005-01-18 - Vendas de telemóveis na Europa Ocidental aumentam 28% no último trimestre

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.