A utilização de telemóveis durante a condução continua a ser um dos problemas de segurança rodoviária e o Governo pretende aplicar coimas mais pesadas para impedir as infrações. Segundo uma notícia do jornal Público os valores das coimas vão duplicar e está prevista a perda de mais um ponto na carta de condução.

Atualmente o Código da Estrada prevê coimas entre 120 e 600 euros e a proposta de lei que está em circuito legislativo põe a fasquia nos 250 a 1.250 euros.

O número de pontos retirados da Carta de Condução também aumenta, e passa de dois para três pontos, aproximando a sanção de infrações graves como a condução sob o efeito de álcool.

Os números partilhados pela Polícia de Segurança Pública mostram que a distração é um dos motivos identificados nos acidentes ocorridos no primeiro semestre deste ano.

GNR multa mais de 600 condutores por uso de telemóvel ao volante
GNR multa mais de 600 condutores por uso de telemóvel ao volante
Ver artigo

Em 2.280 inquéritos abertos para analisar as causas dos acidentes registados no primeiro semestre de 2019 ficou provado que a distração foi um dos fatores identificados em 508 casos, associada ou não ao uso do telemóvel. Segundo os dados, destes acidentes 38 foram mesmo atribuídos à utilização de telemóvel ao volante.

A PSP iniciou esta semana uma nova operação direcionada à fiscalização do uso de telemóvel ao volante e avisa que usar o telemóvel durante a condução "possui efeitos tão nocivos como conduzir sob efeitos de álcool".

Vários estudos mostram que a distração com o telemóvel aumenta em quatro vezes o risco de acidentes, sendo que a Polícia recorda que a principal consequência de utilizar o telemóvel durante a condução é a distração física, através da mão ocupada; visual, ao tirar os olhos da estrada; auditiva por deixar de ouvir o meio envolvente e cognitiva.

As operações de controle de utilização do uso de telemóvel ao volante são frequentes e já este ano, em maio, durante uma operação de fiscalização ao uso de telemóvel, a PSP detetou uma média de 52 infrações por dia, num total de 367, por uso indevido dos telefones durante a condução.

Em 2018 o número de multas relacionadas com o uso de telemóvel durante a condução aumentou e atingiu uma média de 115 por dia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.