As mensagens de texto em telefones móveis, conhecidas como SMS, estão a alcançar tamanha popularidade que em 2010 o mercado global alcançará receitas na ordem dos 50 mil milhões de dólares, de acordo com um novo estudo da Portio Research.

"Não há nenhuma comunicação não-verbal no mundo que seja usada por tantos indivíduos e que verifique uma expansão tão rápida na base de operadores", refere o relatório. Em 2010 deverão ser trocadas cerca de 2,38 triliões de mensagens de texto, levando a empresa de pesquisa a comentar que esta é "a comunicação móvel peer-to-peer mais fácil e barata alguma vez conhecida".

No entanto, os autores do relatório adivinham um crescimento mais amplo no mercado de mensagens móveis, prevendo um futuro risonho no envio de emails, instant messaging, serviços push-to-talk e MMS, cujos lucros deverão ser semelhantes ao SMS apesar do menor tráfego.

Desde que o MMS foi lançado, em 2002, não conseguiu atingir o sucesso do SMS, mas pode ser considerado um êxito comercial. O relatório recomenda que a indústria "se concentre no aumento do recurso do Premium MMS como uma ferramenta de marketing e um canal de distribuição. Quando o serviço for mais barato, simples e compilado o seu tráfego e respectivas receitas crescerão".

Notícias Relacionadas:

2005-07-10 - Mais de 1,3 milhões de portugueses usa serviço MMS

2005-06-26 - Utilizadores móveis europeus preferem serviços básicos

2005-04-07 - Receitas de mensagens móveis crescem pouco até 2010 apesar de aumento acentuado no tráfego

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.