O governo romeno aprovou hoje uma nova lei, baseada num memorando norte-americano de 2019, que tem como objetivo banir a participação de fabricantes chinesas, incluindo a Huawei, nas infraestruturas 5G do país.

A Reuters avança que, como parte do memorando, os governos dos dois países estabeleceram que é necessária uma abordagem de segurança que tenha em conta os riscos, realizando uma avaliação completa e cuidadosa dos fornecedores de tecnologias 5G.

“A segurança nacional é um objetivo fundamental e proteger os dados pessoais das futuras gerações da Roménia é crucial”, declarou Pavel Popescu, membros do Comité Nacional de Segurança do país à agência.

A Roménia não é o único país europeu a tomar medidas para afastar a Huawei das infraestruturas de redes 5G. Recorde-se que, no final do ano passado, a Suécia decidiu banir a tecnologia chinesa da infraestrutura 5G que o país pretende implementar. A Huawei recorreu da decisão, que tinha como fundamentos alegados riscos para a segurança nacional e que se baseou numa avaliação prévia dos serviços secretos e militares do país.

Na sequência do recurso, o regulador sueco das comunicações sueco foi obrigado a suspender o início do leilão de licenças para o 5G. Porém, já em janeiro deste ano, Borje Ekholm, o CEO da Ericsson, fez pressão às autoridades das telecomunicações e o governo sueco para reverter a decisão de banir a Huawei e a ZTE no desenvolvimento do 5G na Suécia.

Reino Unido afasta Huawei da instalação do 5G a partir de setembro do próximo ano
Reino Unido afasta Huawei da instalação do 5G a partir de setembro do próximo ano
Ver artigo

Também no ano passado, o governo britânico decidiu excluir a Huawei da rede 5G do Reino Unido e, meses mais tarde, anunciou novas medidas restritivas contra a fabricante chinesa com vista a afastá-la definitivamente a partir de 2021.

A questão do 5G e dos seus riscos tem vindo a ser amplamente discutida na Europa e em março os Estados-membros da União Europeia chegaram a um acordo sobre os termos da Toobox de Conetividade a ser utilizada para controlar as melhores práticas consideradas mais eficientes para desenvolver redes de alta capacidade, incluindo as de quinta geração.

Nota de redação: A notícia foi atualizada com mais informação. (Última atualização: 17h30)

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.