Entre abril e junho, as receitas de serviços da Vodafone Portugal aumentaram 3,2%, atingindo 238,3 milhões de euros, "um resultado suportado pelo crescimento consistente no serviço fixo". No comunicado, a Vodafone explica ainda que as receitas totais chegaram aos 261,4 milhões de euros, aumentando 3,3% face ao ano anterior.

Estes resultados positivos são suportados pelo crescimento no número de casas passadas, mais 0,4 milhões nos últimos 12 meses, e pelo serviço de televisão, sendo os serviços Fixo e Pay TV os que mais ajudam a explicar estes valores.

tek vodafone
Vodafone Portugal, resultados 1º trimestre de 2019

O número de clientes de serviço Fixo aumentou 10,2% em comparação com o mesmo período no ano passado, alcançado 738,2 mil, enquanto que a base de clientes de TV por subscrição cresceu 11,1% face ao período homólogo anterior, chegando a 628 mil no final de junho.

Em comunicado, o CEO da Vodafone Portugal mostra-se muito entusiasmado com estes resultados, que são, “uma vez mais, motivo de satisfação e fator de motivação acrescida para a execução da estratégia", que passará também por um plano de expansão da cobertura da rede de fibra da Vodafone.

No que diz respeito ao negócio móvel, a performance foi também positiva, “resultado de uma evolução da base de clientes (pós-pagos e pré-pagos) e de uma forte resiliência ao nível do ARPU”, explica a empresa.

Com um dos seus focos na tecnologia 5G, em maio a Vodafone apresentou a “primeira ligação transfronteiriça 5G do mundo em mobilidade" e mostrou a tecnologia com campeões de eSports.

Mais recentemente, a empresa apresentou a sua plataforma de “televisão do futuro”, o TV HUB. O projeto de engenharia pretende “liderar a evolução” da televisão, com diversas valências.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.