Esta semana um relatório divulgado na conferência da ONU sobre as alterações climáticas sugere que 2019 deve ser o segundo ou terceiro ano mais quente alguma vez registado, encerrando uma década de "calor global excecional". Numa verdadeira "máquina do tempo", o site da NASA Climate Time Machine comprova isso mesmo e mostra de que forma os indicadores de temperatura na Terra estão a mudar com o tempo.

Para mostrar estas mudanças em várias áreas, a plataforma está organizada em quatro tópicos. Através de imagens e animações, pode recuar no tempo e ver de que forma os bancos de gelo, os níveis do mar e de dióxido de carbono e a temperatura global têm sofrido alterações.

Climate Time Machine

No caso da temperatura global, por exemplo, o mapa colorido mostra as alterações das médias de temperatura em todo o mundo desde 1884. A mancha azul, a que antigamente dominava o mapa, passou maioritariamente para laranja, o que mostra o aumento da temperatura média a nível global.

A conferência da ONU sobre as alterações climáticas, a COP25, arrancou no início desta semana e termina no próximo dia 13 de dezembro. Até lá, líderes mundiais discutem possíveis soluções para contornar o problema.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.