Imagine marcar uma viagem aos limites da atmosfera terrestre e, enquanto espera pelo embarque, pode passar o tempo numa vista ao shopping, a ver um filme num cinema IMAX 4D, ou, então, simplesmente observar as paisagens em seu redor. Embora pareça algo saído de um filme, há um grupo de empresas japonesas que quer tornar a ideia numa realidade.

Concebido pela Noiz Architects, em colaboração com os designers da Canaria, a empresa de comunicações Dentsu e a organização Spaceport Japan, o SpacePort City ambiciona ser muito mais do que um porto espacial “flutuante” na baía de Tóquio.

O porto será o ponto de partida e chegada para naves como a SpaceShipTwo da Virgin Galactic, preparadas para viagens espaciais turísticas onde os tripulantes poderão viver experiências em gravidade zero.

Além de um vasto espaço dedicado à partida e chegada de veículos espaciais, o SpacePort City destaca-se pela sua estrutura futurista com duas torres cilíndricas de aço e vidro que “despontam” do seu telhado circular coberto de painéis colares.

SpacePort City
(Créditos: Canaria, Dentsu, Noiz Architects, Space Port Japan Association)

O edifício de quatro andares incluirá espaços dedicados a atividades de investigação ou empresariais, assim como lojas e restaurantes, um hotel, um cinema IMAX 4D, um museu, um aquário e até uma discoteca: tudo seguindo o tema do Espaço. O design conta também com uma rede de pontes que fazem a ligação à cidade, onde carros elétricos e comboios autónomos farão o transporte dos visitantes.

Em entrevista à CNN, Urszula Kuczma, project manager da Noiz Architects, explica que o objetivo por trás do SpacePort City é estimular oportunidades económicas, servindo, ao mesmo tempo, como uma inspiração para explorar as possibilidades do Espaço.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.