Tal como aconteceu com a Ouya, outra consola de jogos suportada no sistema operativo móvel Android, a plataforma de crowdfunding KickStarter foi o canal escolhido pela equipa de desenvolvimento da GameStick para reunir o investimento necessário.



A missão foi cumprida com sucesso e o plano ditava que o lançamento da nova consola acontecesse em março com a extensão da comercialização ao público a partir desta semana, mas afinal a GameStick só vai ver a luz do dia no final de junho.



Segundo a empresa o atraso deve-se ao enorme sucesso do projeto e à necessidade de aumentar a produção, face àquilo que eram as expectativas iniciais.

Esta nova consola poderá ser ligada a qualquer televisão com ligação HDMI, que se transforma numa plataforma de jogos com Android. É composta pelo comando e pela consola, um dispositivo que tem o formato e dimensões idênticas às de uma pen, uma combinação que sustenta uma das mensagens promocionais do dispositivo: a GameStick é a consola mais portátil de sempre.



Na verdade, o dispositivo é tão pequeno que cabe dentro do comando, como é possível ver na imagem. Não precisa de fios para ligar os diferentes elementos.

[caption]GameStick[/caption]

Como explicam os promotores no site oficial, há mais de 1,4 mil milhões de televisores em todo o mundo mas só menos de 1% são usadas para jogar. Para os criadores desta nova consola a explicação para estes números está no preço dos dispositivos e por isso, além do conceito, o preço da GameStick também é interessante. Vai custar 79 dólares e já está em pré-reserva.
Os responsáveis da empresa, que angariou mais de 650 mil dólares no Kickstarter de mais de cinco mil investidores, explicam o projeto neste vídeo.


Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.