Este domingo a China lançou com sucesso um novo módulo para integrar a estação espacial que está a construir. No entanto, parte do foguetão Long March 5B utilizado para transportar o módulo poderá fazer uma reentrada descontrolada na Terra.

De acordo com Jonathan McDowell, astrónomo do Centro de Astrofísica Harvard-Smithsonian, recentemente, o Comando Espacial dos Estados Unidos identificou dois objetos espaciais em órbita e acredita-se que um deles é o núcleo central de 21 toneladas do foguetão Long March 5B.

O astrónomo espera que o núcleo do foguetão reentre na atmosfera terrestre no prazo de uma semana, porém, como explicou em declarações ao website Gizmodo, é difícil prever onde é que vai cair.

Para já, ainda não foram emitidos alertas à semelhança do que sucedeu em casos anteriores. Ainda em maio do ano passado, parte de um outro foguetão Long March 5B fez uma reentrada descontrolada na Terra depois de ter ajudado a colocar mais uma peça na estação espacial que a China está a contruir.

Na altura, a agência espacial chinesa confirmou que o primeiro estágio do foguetão, com cerca de 30 metros e entre 17 e 21 toneladas e a viajar a uma velocidade de quase 28 mil quilómetros por hora, acabou por cair um local próximo das ilhas Maldivas, no oceano Índico, a sul da Índia.

Neste caso, as dimensões do objeto e a velocidade a que viajava levaram à ativação das mais importantes agências de monitorização espacial do mundo, incluindo o Serviço de Vigilância e Acompanhamento Espacial da UE (EUSST), e até do Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

Clique nas imagens para mais detalhes

Recorde-se que  astronautas que já estão na estação espacial chinesa vão agora trabalhar na ligação do recém-chegado módulo, que toma o nome Wentian, com o módulo principal da estrutura, que foi enviado para o Espaço em abril do ano passado no início na construção da estação.

Wentian vai ser um dos dois laboratórios da estação espacial Tiangong dedicados à investigação científica, contando também com uma cabine de transição e alojamentos temporários para transferências de tripulação. O próximo módulo a ser enviado, chamado Mengtian, deverá partir para o Espaço em outubro.

Clique nas imagens para mais detalhes 

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.