De acordo com novos dados da IDC estima-se que, em 2021, tenham sido enviados 143,6 milhões de monitores para as lojas. Segundo os analistas, o valor representa um dos melhores desempenhos desde 2012, altura em que o volume de equipamentos enviados para as lojas rondava os 150,3 milhões de unidades.

A consultora explica que, embora o ano tenha começado “em força” para o mercado de monitores para PCs, com um crescimento de 19,4%, o mesmo impulso não se registou na segunda metade de 2021, com os desafios a arrastarem-se para o terceiro e quatro trimestres.

Os analistas indicam que a tendência de declínio registada no terceiro trimestre de 2021 se manteve nos últimos três meses desse ano, com um decréscimo de 5,2% em comparação com o período homólogo em 2020. Apesar dos desafios registados na segunda metade de 2021, o mercado acabou por registar um crescimento anual de 5%.

Clique nas imagens para mais detalhes

Segundo os analistas, as fabricantes que tiveram um melhor controlo da sua cadeia de produção, ou que reforçaram a sua presença nos mercados emergentes, acabaram por registar um melhor desempenho no período em análise.

A Dell e a Lenovo destacam-se como as duas únicas empresas do Top 5 de fabricantes a registarem crescimento no último trimestre de 2021. A Lenovo conseguiu ultrapassar a HP, passando a assumir o segundo lugar no ranking.

Como indica Jay Chou, analista da IDC, para o mercado de monitores para PCs, o ano de 2021 marcou o fim do um surto de crescimento iniciado em 2018. Neste contexto, o especialista aponta atualizações feitas por empresas aos seus equipamentos, assim como o aumento do trabalho remoto, como possíveis causas.

Com a pressão da guerra da Ucrânia e da inflação espera-se que a tendência de declínio continue em 2022, com um decréscimo de 3,6% no volume de equipamentos enviados para as lojas, seguindo-se depois um período de estabilização.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.