A DECO revela que o portal Reclamar tem vindo a receber dezenas de queixas acerca de problemas com encomendas feitas a partir do website da 365 Inbox. A maioria dos consumidores que apresentaram queixas à Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor chegaram a pagar por artigos como máscaras de proteção que ultrapassaram largamente o período previsto de entrega ou que nem sequer chegaram a ser entregues.

Após uma análise ao caso, a Associação explica que um dos aspetos que fazia levantar algumas questões, era o facto de a 365 Inbox disponibilizar materiais de proteção numa altura em que a quantidade de produtos era escassa na vasta maioria dos estabelecimentos em Portugal e no mundo.

Na secção de esclarecimentos sobre o processo de compra presente nos termos e condições do website há um alerta para a possibilidade de haver atrasos na entrega das encomendas devido aos constrangimentos provocados pela pandemia. No entanto, as situações registadas pelos consumidores não se tratam de atrasos de dias, mas sim de semanas.

Reclamações no comércio eletrónico aumentam 132% com 18 mil queixas nos primeiros 5 meses de 2020
Reclamações no comércio eletrónico aumentam 132% com 18 mil queixas nos primeiros 5 meses de 2020
Ver artigo

É verdade que além da compreensão dos consumidores para possíveis incumprimentos de prazos de entrega devido ao atual contexto, a DECO indica que as empresas devem estar contactáveis e disponíveis para esclarecer os clientes acerca de quaisquer situações fora do previsto. Contudo, e tendo em conta as queixas feitas, a 365 Inbox não tomou a postura mais adequada.

A DECO avisa ainda que nos termos e condições do serviço, a 365 Inbox indica que só fornece informação ao cliente acerca da disponibilidade dos artigos após a receção das encomendas, estando previstos prazos entre 10 a 20 dias úteis para entregas em Portugal.

No que toca a devoluções ou reembolsos, a empresa não se responsabiliza pela maioria das situações. De acordo com as regras, o reembolso só pode ser feito caso os consumidores enviem os produtos para as instalações da empresa dentro de 15 dias úteis.

A Associação recomenda os consumidores a estarem sempre atentos e analisarem as condições dos serviços cuidadosamente. Se tudo parecer demasiado bom para ser verdade é melhor desconfiar e pesquisar se existem queixas online sobre a empresa. Caso tenha passado por uma situação semelhante à de quem fez queixa da 365 Inbox, poderá apresentar uma reclamação no portal Reclamar, ou, se se tratar de algo mais grave, recorrer à Plataforma de Resolução de Litígios em Linha da Comissão Europeia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.