Os consumidores norte-americanos gastaram mais dinheiro em videojogos no primeiro trimestre de 2020 do que em qualquer outro. Ao todo, nos Estados Unidos, foram investidos 10,9 mil milhões de dólares, mais 9% do que no período homólogo do ano passado.

Os números são da analista NPD Group, que sublinha o impacto da pandemia nos valores deste primeiro período e, muito provavelmente, no que se segue (abril, maio e junho).

Está em isolamento e precisa passar o tempo? Pode jogar videojogos sem gastar (muito) dinheiro
Está em isolamento e precisa passar o tempo? Pode jogar videojogos sem gastar (muito) dinheiro
Ver artigo

Segundo a NPD, as vendas de jogos e as microtransações foram responsáveis por 9,6 mil milhões do total gerado. Animal Crossing: New Horizons, Call of Duty: Modern Warfare, Doom Eternal, Dragon Ball Z: Kakarot, Fortnite, Grand Theft Auto V, Minecraft, MLB The Show 20 e NBA 2K20 foram os títulos mais populares entre os jogadores.

Pandemia de COVID-19 faz disparar o consumo de jogos nos smartphones
Pandemia de COVID-19 faz disparar o consumo de jogos nos smartphones
Ver artigo

No que toca à venda de consolas, a Nintendo foi a empresa que mais beneficiou. O segmento de hardware gerou 770 milhões de dólares em receitas e a Switch foi o sistema mais vendido. Para entender este dado importa recordar que, tanto a Microsoft como a Sony vão renovar o seu portefólio com uma nova geração de consolas.

Embora estes valores sejam apenas referentes ao mercado norte-americano, facto é que o confinamento afectou quase todo o mundo por igual. A recomendação de nos confinarmos em casa foi adotada pela quase totalidade dos países e é muito provável que este fenómeno tenha impacto de forma semelhante nos mercados de outras regiões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.