A plataforma tecnológica Glovo recebeu um financiamento de 115 milhões de euros, tendo contado com o apoio de empresas que já tinham investido anteriormente na startup, como Rakuten, Seaya e Cathay, mas também do grupo de restauração AmRest, presente na Europa Central.

Com este investimento, que posiciona a Glovo como uma das empresas espanholas que recebeu o maior investimento em 2018, a cadeia polaca de restaurantes AmRest Holdings também se tornou acionista da startup.

Glovo trata dos seus recados e entrega-lhe quase tudo o que precisa
Glovo trata dos seus recados e entrega-lhe quase tudo o que precisa
Ver artigo

Esta injeção de recursos vai servir para a Glovo otimizar a sua plataforma, bem como contratar mais de 100 engenheiros nos próximos meses para o centro de desenvolvimento tecnológico da Glovo em Espanha. O objetivo é tornar-se o hub tecnológico mais relevante do Sul da Europa, revela a empresa em comunicado.

Fundada em Barcelona, em Janeiro de 2015, a startup está presente em Portugal nas cidades de Lisboa e Porto e permite comprar, recolher e entregar qualquer produto desde roupa a comida, assim como o envio de documentos entre empresas, tratando também de pequenos recados para clientes particulares.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.