De acordo com o mais recente European Innovation Scoreboard da Comissão Europeia, o desempenho dos Estados-Membros da União Europeia (UE) a nível de inovação continua a melhorar. Bruxelas avança que, neste ano, o seu Scoreboard se baseia num quadro revisto de indicadores, que passa a agora a contar com métricas a nível da digitalização e da sustentabilidade ambiental, estando em linha com as prioridades políticas da UE.

Os dados apresentados dão a conhecer que, em média, o desempenho de inovação registou um crescimento de 12,5% desde 2014. A Comissão detalha que há uma maior convergência, com os países que outrora tinham um baixo desempenho a crescerem mais rapidamente do que aqueles que lideram o ranking e a fecharem o “fosso” de inovação que existe entre os mesmos.

Clique nas imagens para mais detalhes

À semelhança do ano passado, a Suécia continua a liderar o índice de inovação, seguida novamente pela Finlândia e Dinamarca. A Holanda, que assumia o quatro lugar na categoria de “líderes” em inovação, desceu uma posição, passando para a dos “inovadores fortes” e sendo substituída pela Bélgica.

Os grupos com níveis de desempenho mais elevados localizam-se principalmente nas regiões norte e oeste da Europa. Já os grupos que se enquadram nas categorias de “moderados” e “emergentes” correspondem a países do sul e este da Europa.

Através dos dados é possível verificar que Portugal, que no ano passado tinha subido à categoria de “inovadores fortes”, voltou para a dos “moderados”, continuando a estar abaixo da média da UE.

A Comissão Europeia destaca que Chipre, Estónia, Grécia, Itália e Lituânia foram os países cujo desempenho registou uma subida de 25 pontos percentuais ou mais. Já Bélgica, Croácia, Finlândia e Suécia registaram crescimentos entre os 15 e 25 pontos percentuais e Áustria, República Checa, Alemanha, Letónia, Malta, Holanda, Polónia e Espanha viram o seu nível de desempenho crescer entre os 10 e os 15 pontos percentuais.

Olhando para o panorama internacional, a UE conseguiu superar o desempenho de países como China, Brasil, África do Sul, Rússia e Índia. Já Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão apresentam um melhor desempenho do que a UE. Mesmo assim, a Coreia do Sul é quem lidera o índice internacional, com um desempenho de inovação 21% superior ao da UE.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.