A iniciativa Tech Visa foi anunciada em 2018 e avançou a 2 de janeiro de 2019, e o balanço para este ano foi agora feito pelo IAPMEI, que contabiliza a certificação de 163 empresas desde janeiro.  O programa está  inscrito na Estratégia Nacional para o Empreendedorismo StartUP Portugal e pretende ajudar a atrair recursos humanos altamente qualificados para Portugal, podendo ser utilizado por empresas de todos os setores de atividade.

Primeiro as empresas têm de obter a certificação Tech Visa, que simplifica os procedimentos de obtenção de visto e autorização de residência para os profissionais contratados nas várias áreas relevantes para a competitividade, em setores internacionalizáveis, e só depois podem avançar para a contratação.

Anda à procura de emprego? A sua próxima entrevista pode ser com este bot
Anda à procura de emprego? A sua próxima entrevista pode ser com este bot
Ver artigo

Segundo os dados, as empresas certificadas este ano  já emitiram 610 termos de responsabilidade para trabalhadores altamente qualificados, dos quais 92% com formação em Ciências informáticas. Estes trabalhadores vêm maioritariamente do Brasil (526), Índia (27) e Federação Russa (9).

Para além do IAPMEI, que é responsável pela certificação das empresas candidatas, estão envolvidas no programa várias outras entidades, como o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e a Direção-Geral dos Assuntos Consulares, que tratam da atribuição de vistos e de autorizações de residência para os profissionais contratados pelas empresas certificadas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.