A Samsung revela que, durante o terceiro trimestre deste ano, as suas receitas ascenderam aos 59 mil milhões de dólares: o valor mais alto alguma vez atingido pela fabricante sul-coreana. Já os lucros ascenderam aos 10,9 mil milhões de dólares, representando um crescimento de 59% em relação ao período homólogo no ano passado.

Em comunicado, a empresa indica que, mesmo que a pandemia de COVID-19 continue a não dar tréguas, “a reabertura das principais economias levou a um aumento significativo da procura por parte dos consumidores”.

A fabricante afirma que as vendas de smartphones aumentaram significativamente. Ao todo, o setor mobile registou um crescimento de 6,1% em comparação com o terceiro trimestre de 2019, gerando receitas na ordem dos 26,3 mil milhões de dólares. Em relação ao segundo trimestre de 2020, o valor representa uma subida de 51%.

“O Galaxy S20 FE abre uma linha de produtos que vamos ter no portfólio da Samsung”
“O Galaxy S20 FE abre uma linha de produtos que vamos ter no portfólio da Samsung”
Ver artigo

A Samsung explica que, além de uma maior procura em mercados chave, o crescimento se deve também ao lançamento de novos modelos topo-de-gama como o Galaxy Note 20 ou o Galaxy Z Fold2, assim como de smartphones de gama média como o Galaxy S20 FE.

No entanto, a Samsung não prevê que os resultados do próximo trimestre sejam assim tão positivos. A fabricante espera que os seus lucros diminuam, em grande parte devido à feroz competição no mercado de smartphones. Já para 2021, a empresa espera que o panorama se altere para o melhor, embora existam muitas incertezas em relação à pandemia de COVID-19.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.