A TCL vai deixar de vender smartphones da marca BlackBerry a partir de 31 agosto de 2020. A empresa chinesa anunciou o fim do acordo de licenciamento, indicando que “já não tem os direitos de design, produção ou venda para qualquer tipo de novo dispositivo móvel da BlackBerry”.

Não obstante, a TCL vai continuar o suporte para os equipamentos existentes, incluindo garantias e apoio ao cliente, até 31 de agosto de 2022, deixando “no ar” um possível alargamento deste período tendo em conta as leis do país onde o smartphone foi adquirido.

BlackBerry passa direitos de venda mundial de telemóveis para fabricante chinesa
BlackBerry passa direitos de venda mundial de telemóveis para fabricante chinesa
Ver artigo

Recorde-se que em 2016, a TCL fez um acordo com a canadiana Research in Motion para trabalhar com a marca BlackBerry Mobile, num contrato que contemplava a produção e a comercialização dos seus dispositivos. Desde então, a empresa chinesa apostou no lançamento de smartphones que combinavam o teclado QWERTY típico dos equipamentos da BlackBerry com o sistema Android, como o KeyOne ou o KEY2.

Em 2019, a TCL levou para o Mobile World Congress, em Barcelona, uma Red Edition do KEY2, o qual tinha ganho o prémio de design iF Design Award. Ainda na edição de 2018 da IFA, a fabricante chinesa tinha apresentado uma versão mais “lite” do smartphone.

A marca BlackBerry poderá ter dificuldade em encontrar uma “nova vida” com o fim do acordo de licenciamento. Embora tenha parcerias com algumas empresas, à semelhança da fabricante indiana que desenvolveu os smartphones Evolve, os acordos são muito mais limitados do que aquele que tinha com a TCL.

TCL: “Estamos a reforçar o investimento na Europa e em Portugal e queremos alargar o portfólio de produtos”
TCL: “Estamos a reforçar o investimento na Europa e em Portugal e queremos alargar o portfólio de produtos”
Ver artigo

Já a TCL tem vindo a focar-se na sua própria marca de smartphones, tendo anunciado o TCL Plex na edição de 2019 da IFA. A fabricante chinesa vai continuar a investir nesta linha de equipamentos e em 2020 estão prometidos novos modelos, com smartphones dobráveis e os primeiros equipamentos 5G. “O TCL Plex é o primeiro passo, vamos lançar mais modelos dentro da mesma gama”, afirmou Kevin Wang ao SAPO TEK em dezembro do ano passado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.