com o apoio MEO
Adere à fibra do MEO desde €29,99/mês. Exclusivo Online.

Leilão 5G: Licitações continuam a perder fulgor e atingem um novo mínimo histórico no 102º dia

Este artigo tem mais de um ano
Depois de um 101º dia com uma subida de apenas 486 mil euros, as licitações das operadoras atingiram hoje o valor mais fraco alguma vez registado ao longo do processo: 357 mil euros.
Leilão 5G: Licitações continuam a perder fulgor e atingem um novo mínimo histórico no 102º dia
Pixhere | Doughnutew

Num processo que se prolonga desde 14 de janeiro, a fase principal do leilão do 5G avançou hoje para o seu 102º dia. Nas sete rondas de hoje, as licitações atingiram os 321,33 milhões de euros, numa subida de apenas 357 mil euros face ao dia anterior: o valor mais baixo registado desde o início da fase principal. Ainda ontem, as licitações tinham registado um aumento de apenas 486 mil euros.

Os mais recentes dados da Anacom permitem verificar que, novamente, o interesse voltou a estar centrado na faixa dos 3,6 GHz, seguindo a tendência dos últimos meses. Hoje constatam-se subidas ligeiras em relação às propostas de 5 dos 40 lotes nesta faixa nativa do 5G.

Clique nas imagens para mais detalhes

Em relação ao preço de reserva, os lotes da categoria J já valorizaram mais de 300%, destacando-se, por exemplo, o lote J11, cujo valor aumentou 325%. Por outro lado, a valorização dos 6 lotes da categoria H, que quase duplicaram de valor nesta fase do leilão, é menos expressiva.

A faixa dos 2,1 GHz afirma-se como aquela que mais aumentou de preço durante a fase principal, valorizando mais de 400% face ao preço de reserva. Os preços de licitação dos lotes das faixas dos 700 e 900 MHz mantém-se nos 19,2 e 6 milhões de euros desde o início da fase principal e na faixa que ficou livre após a conclusão do processo de migração da TDT um dos lotes ainda não recebeu ofertas.

Leilão do 5G: 100 dias depois a Anacom ainda tenta acelerar processo mas Portugal está na cauda da Europa
Leilão do 5G: 100 dias depois a Anacom ainda tenta acelerar processo mas Portugal está na cauda da Europa
Ver artigo

Embora a fase principal se prolongue há mais de 100 dias, o encaixe potencial não cresceu proporcionalmente. A totalidade do leilão, que inclui a fase reservada a novos entrantes, soma agora 405,6 milhões de euros.

Ao todo, o conturbado processo do leilão do 5G já corresponde a seis meses, uma duração que ultrapassa qualquer leilão de espectro em Portugal e na Europa. O prolongamento do procedimento já levou a Anacom a tomar uma decisão de alteração do regulamento: uma decisão que gerou reações negativas tanto por parte da Altice Portugal, como da NOS e da Vodafone.

Nota de redação: A notícia foi atualizada com mais informação. (Última atualização 18h54)

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.

Pergunta do dia:

3059

Veja também

 
 

Comentários

Entre com a sua conta do Facebook ou registe-se para ver e comentar