O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP anunciou ter detido um homem, com 31 anos de idade, por ser suspeita de simulação de crime.

O suspeito tinha apresentado queixa pelo roubo do seu telemóvel, “tendo sido iniciado a elaboração do respetivo auto e mobilizados meios policiais no sentido de obter dados que permitissem conduzir à identificação dos suspeitos, bem como a de ativar a geolocalização do aparelho que teria sido roubado”, refere a PSP em comunicado.

Vítimas transformadas em suspeitos por queixas de roubo de telemóveis
Vítimas transformadas em suspeitos por queixas de roubo de telemóveis
Ver artigo

Após as várias diligências realizadas, “verificaram-se diversas incongruências e contradições entre a narrativa da alegada vítima e os fatos praticados, levando (…) a questionar a veracidade da denúncia”. As contradições levaram à detenção do inicialmente “queixoso”, que acabou por admitir que havia simulado o roubo, por querer recuperar o montante correspondente ao valor inscrito no seguro do equipamento.

O caso soma-se aos mais de 35 do mesmo género, já identificados desde o início deste ano. Em março último o TEK falou com o Núcleo de Imprensa e Relações Públicas da PSP e, na altura, já existiam 11 situações de roubos simulados de telemóveis, apenas na zona de Odivelas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.