No mais recente Apple Special Event, Tim Cook, CEO da gigante de Cupertino, anunciou que as novas versões dos sistemas operativos dos equipamentos da empresa, apresentados pela primeira vez na edição de 2020 da Worldwide Developers Conference, chegariam a partir de hoje, 16 de setembro.

Neste ano, a atualização ao iOS é lançada antes da chegada do novo iPhone 12, uma vez que a revelação do smartphone “fugiu” à habitual regra e só acontecerá em outubro. O iOS 14, cuja versão beta já estava disponível desde julho, vem recheado de novidades e updates que já eram esperados há muito tempo pelos utilizadores.

É verdade que uma das grandes novidades anunciadas para o iOS 14 foi a do reforço das funcionalidades de privacidade e segurança. No entanto, as proteções contra a monitorização feita por aplicações ou websites só vão chegar em 2021, uma vez que a Apple quer dar mais tempo aos developers para se prepararem para a mudança.

Entre as principais mudanças da nova versão do iOS está uma reorganização da App Library, que passa a “arrumar” automaticamente numa só página todas as aplicações que foram instaladas.

Os Widgets passaram por uma revisão e prometem ser mais fáceis de gerir no Home Screen. É possível arrastar elementos de qualquer página e colocar na galeria de Widgets, abrindo também espaço a uma maior personalização. Já no novo sistema Picture in Picture, os utilizadores podem arrastar e ajustar as janelas abertas consoante as suas necessidades.

O seu iPhone vai ser atualizado para iOS 14? Veja a lista dos equipamentos compatíveis
O seu iPhone vai ser atualizado para iOS 14? Veja a lista dos equipamentos compatíveis
Ver artigo

Agora, os resultados da Siri são menos intrusivos, aparecendo como notificações. Mandar mensagens por voz torna-se mais fácil e a nova capacidade de ditar pode ser até usada para traduzir conversas inteiras em tempo real. O update à secção de mensagens não estaria completo sem funcionalidades para conversas em grupo e novos Memojis, que incluem figuras com máscaras de proteção, numa homenagem à luta contra a pandemia de COVID-19.

A Apple tem vindo a alargar a compatibilidade de equipamentos mais antigos às novas versões do sistema operativo, o que faz com que os smartphones sejam atualizados durante mais tempo. O iOS 14 é o que tem maior abrangência, sendo compatível com mais modelos.

Clique na galeria para saber quais os iPhones que são compatíveis com iOS 14

Preparado para novidades no iPad OS, WatchOS e Apple TV?

No final do Apple Special Event 2020, Tim Cook confirmou que os novos iPads e Apple Watches anunciados vão chegar ao mercado com as mais recentes versões dos sistemas operativos.

O iPad OS 14, desenhado para trabalhar com apps num ecossistema partilhado entre diferentes ecrãs, conta com algumas semelhanças à nova versão do sistema operativo para os smartphones da Apple, como as mudanças à App Library e aos Widgets. O modo de funcionamento da Siri foi adaptado especificamente para o iPad, permitindo ocupar menos espaço no ecrã. A barra de pesquisa segue a mesma filosofia da simplicidade de utilização.

WWDC 2020

Com o Apple Pencil, o iPad consegue transformar-se num caderno de notas ou numa tela para pinturas. Através da nova funcionalidade Scribble, tudo o que é escrito ou desenhado “à mão” é convertido automaticamente para carateres ou gráficos computorizados.

No que toca ao WatchOS 7, uma das principais mudanças relaciona-se com mais possibilidades de personalização das Watch Faces, que depois podem ser facilmente partilhadas entre utilizadores.

WatchOS 7: Que inovações chegaram à nova versão do sistema operativo do Apple Watch?
WatchOS 7: Que inovações chegaram à nova versão do sistema operativo do Apple Watch?
Ver artigo

A Apple quer dar mais ênfase à conveniência da utilização da IA em atividades comuns do dia-a-dia. A lavagem correta das mãos, por exemplo, algo que se tornou ainda mais importante em tempos de pandemia, ganha um novo “ajudante” através do Apple Watch.

Ter uma boa noite de sono nem sempre é fácil e o WatchOS 7 tem uma nova funcionalidade que promete ajudar o utilizador a desacelerar quando chega a hora de deitar. Ao acompanhar o sono, a Sleep permite perceber se está a dormir as horas que deveria e através dela é possível criar uma rotina relaxante personalizada, comandando a Home app para passar música mais suave ou instruções de meditação.

A app de Fitness inclui agora suporte a atividades como dança.Para detetar quantas calorias estão a ser queimadas a cada passo ritmado, o WatchOS 7 combina dados dos sensores que monitorizam os batimentos cardíacos com os inputs do acelerómetro e giroscópio.

A pensar em quem usa a bicicleta como modo principal de deslocação, o novo sistema operativo contará com direções concebidas para ciclistas, com uma maior visibilidade no relógio, tornando-se mais fáceis de ler em movimento.

Já na nova versão do sistema operativo da Apple TV, há novidades no acesso aos jogos, na integração do comando da Xbox, e há a possibilidade de ver televisão e uma aplicação de fitness em picture in picture em simultâneo. O serviço Apple TV+ já está a ser utilizado por mil milhões de clientes da empresa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.