As alternativas à carne têm vindo a ganhar popularidade ao longo dos últimos anos. A par de alternativas à base de plantas, algumas empresas optam por desenvolver criações a partir de células de animais, como vaca ou frango, cultivadas em laboratório, imprimindo bifes e outros cortes de carne em 3D. Mas será possível fazer o mesmo com peixe?

A israelita Steakholder Foods decidiu testar esta ideia e, em parceria com a Umami Meats, uma empresa oriunda de Singapura, desenvolveu os primeiros filetes de peixe impressos em 3D e criados a partir de células cultivadas em laboratório.

Clique nas imagens para ver com mais detalhe

Os filetes são criados a partir de células de garoupa cultivadas em laboratório, através das quais é possível gerar células musculares e de gordura, que são depois misturadas com uma “bio-tinta” à base de ingredientes vegetais desenvolvida pela empresa. A mistura é colocada numa impressora 3D especial, que trata de imprimir os filetes.

Ao contrário das alternativas à carne criadas pela Steakholder Foods, estes filetes de “peixe” estão prontos a cozinhar assim que saem da impressora, sem necessitarem de um período de incubação e maturação.

A tecnológica afirma que o método utilizado permite também imitar a textura de peixe cozinhado. No entanto, existem também desafios no processo. Em declarações à Reuters, Mihir Pershad, diretor executivo da Umami, explica que as células estaminais de peixes ainda não são tão estudadas quanto as de vaca, por exemplo.

O responsável acrescenta que o número de cientistas a trabalhar na área da biologia das células estaminais de peixes é limitado em comparação com a quantidade de especialistas dedicados a células de animais e humanos.

Os especialistas da empresa já conseguiram encontrar uma forma de cultivar células de garoupa e enguia em laboratório e, no futuro, esperam fazer progressos com mais três espécies ameaçadas de peixes ao longo dos próximos meses.

Outro dos desafios prende-se com o preço dos filetes. No entanto, Arik Kaufman, diretor executivo da Steakholder Foods, afirma que, à medida que o processo de produção se vai tornando mais refinado, o preço poderá diminuir.

Os hamburgers vegan do futuro podem ser feitos com impressoras 3D e preparados por um “chef” robot
Os hamburgers vegan do futuro podem ser feitos com impressoras 3D e preparados por um “chef” robot
Ver artigo

Segundo a agência noticiosa, a Umami Meats espera trazer os filetes da Steakholder Foods para o mercado no próximo ano, começando por Singapura e avançando depois para os Estados Unidos e Japão.

A Steakholder Foods não é a única empresa israelita a investir no mercado das alternativas à carne. A SavorEat também se quer destacar com os seus hamburgers vegan impressos em 3D e preparados por um “chef” robot.

Neste caso, os hamburgers são feitos à base de uma combinação entre batata, grão de bico e proteína de ervilha e são preparados no interior de uma máquina, equipada com todos os ingredientes necessários, que os imprime a 3D.

Clique nas imagens para ver com mais detalhe

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.