Vivendi Universal, uma das maiores empresas de entretenimento, vai investir 1,5 mil milhões de dólares (331,8 mil milhões de contos ou 1,65 mil milhões de euros) na empresa norte americana de televisão por satélite EchoStar Communications. O acordo, que terá a duração de oito anos, foi anunciado na sexta feira e determina que a Vivendi Universal vai fornecer aos seis milhões de clientes da rede de satélites DISH nos Estados Unidos os seus produtos televisivos, música e filmes.



A empresa de media francesa visa assim consolidar-se no mercado de televisão norte americano. Esta estratégia teve início no ano passado com a compra dos estúdios cinematográficos Universal e o Universal Music Group ao grupo canadiano Seagram.



O investimento agora feito siginifica que a segunda maior empresa de televisão por satélite norte americana vai poder celebrar a fusão com o operador rival, Hughes Electronics, uma divisão do construtor de automóveis General Motors. O valor do negócio será de 30 mil milhões de dólares (6,639 mil milhões de contos ou 33,1 mil milhões de euros), sendo que o número de subscritores resultantes do negócio alcançará os 16 milhões.



Para além de ver os seus produtos distribuidos nos Estados Unidos, a Vivendi Universal receberá 10 por cento da EchoStar. No entanto, caso os reguladores norte americanos aprovem a fusão entre a EchoStar e a Hughes Communications, a Vivendi ficará com menos de 5 por cento.



Para já a EchoStar está a planear integrar a tecnologia da Vivendi, MediaHighway, um software de televisão interactiva que permite aos telespectadores fazer o download de filmes, música e restante programação para os vídeo gravadores pessoais.




Este negócio surge três dias após a Vivendi ter revelado que se encontrava em negociações para adquirir os bens da unidade de televisão por cabo e produção filmes da USA Networks. No início da semana passada, o grupo francês vendeu os 22 por cento que detinha da British Sky Broadcasting. Segundo a agência de notícias Associated Press, o presidente e chefe do executivo da Vivendi Jean-Marie Messier esclareceu quanto a estas movimentações que o negócio com a EchoStar parece ser mais vantajoso financeiramente.



A Vivendi comprometeu-se já a criar para o próximo ano cinco novos canais de televisão para a Echostar DISH Network, três dos quais farão parte do pacote de produtos da Echostar.



Notícias Relacionadas:
2000-12-06 - Accionistas aprovam Vivendi Universal

2000-10-16 - CE aprova Vivendi Universal

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.