No dia 30 de novembro comemora-se o Dia da Livraria e do Livreiro e de forma de antecipação, a Meta anunciou uma iniciativa para Portugal, através das suas redes sociais Facebook, WhatsApp e Instagram, para apoiar as lojas nacionais. O projeto surge depois de um período pandémico que teve um grande impacto no negócio das livrarias, que foram obrigadas a fechar. Os livreiros tiveram de se adaptar rapidamente e colocar à venda online os seus produtos, através de websites e redes sociais, que incluíram pagamentos e entregas ao domicílio.

Apesar das plataformas online continuarem a ser um suporte às livrarias, a Meta diz que a transição digital ainda tem muito trabalho pela frente. A empresa cita um estudo da Gfk, em que mais de 73% das vendas de livros em Portugal ainda são realizadas em lojas físicas, sendo que as vendas online apenas correspondem a 14,7%. O projeto #ApoiamosBoasIdeias estará à disposição dos livreiros que queiram transformar o seu negócio para o digital, que inclui centro de recursos, formação e um guia para acelerar a sua transformação digital.

A Meta acredita que pode ajudar as PMEs a chegar a novos públicos através das suas redes sociais. E num inquérito realizado pela Ipsos, citado pela plataforma, refere que em Portugal 72% das empresas confirmaram utilizaram os produtos da Meta para angariar novos públicos. No website, a Meta disponibiliza um guia gratuito para potenciar a divulgação e venda de livros nas suas plataformas online. A empresa criou mesmo ferramentas específicas para o sector.

Meta PMEs

Além do centro de recursos, o projeto inclui cursos de formação focados na digitalização e uma ferramenta gratuita de diagnóstico digital, com o objetivo de avaliar e oferecer uma estratégia digital ao negócio, através de um plano de ação que será personalizado a cada caso, mediante as suas necessidades.

Acreditamos que as redes sociais são a melhor forma das pessoas se ligarem aos negócios locais, assim como de encontrarem os produtos ideais, especialmente na época natalícia que se aproxima”, disse Irene Cano, Country Manager da Meta em Portugal e Espanha.

Num outro estudo que a Meta encomendou à YouGov, existe uma maior preocupação dos consumidores em apoiar os negócios locais durante as suas compras. E que no último Natal, 51% dos consumidores da EMEA referem ter feito um esforço para comprar as suas prendas em negócios locais e em pequenas empresas. Este é também um período em que os consumidores estão dispostos a descobrir opções de presentes mais inesperadas, com 57% a assumir alegria por serem surpreendidos. E 90% afirmam que estão dispostos a procurar novas marcas nesta época de “dar e receber”.

O estudo revela ainda que 45% dos consumidores descobriram presentes nas redes sociais da Meta, sendo que 36% usaram o motor de pesquisa e 31% através de websites de e-commerce. Já 32% utilizaram as plataformas de mensagens da empresa no contacto com as lojas e 21% recorreram ao WhatsApp para esclarecer dúvidas durante o período de Natal.

O estudo da Ipsos foi realizado a 37.800 proprietários e gestores de PMEs com menos de 250 empregados, em 43 países. Já o do UouGov foi realizado a 1.500 pessoas por cada mercado de 18 países.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.