Os dados são da OutSystems, em resultado de um inquérito aos seus colaboradores em todo o mundo, que pretendeu avaliar a forma como o teletrabalho tem influenciado as dinâmicas de trabalho, produtividade, bem-estar e cultura corporativa.

Entre os mais de 900 colaboradores da Outystems que responderam, 74,1% consideram que a sua produtividade foi mantida ou aumentou ao longo dos últimos dois meses de teletrabalho. O valor cresce para os 93% relativamente ao sentimento de pertença e integração na equipa.

No questionário houve igualmente espaço para uma classificação em escala de 0 a 10, utilizada para avaliar a estratégia da empresa no período de pandemia.

As iniciativas colocadas em prática pela empresa mereceram uma classificação média de 9,3, a resposta global ao período de teletrabalho 8,3, o conforto em trabalhar totalmente a partir de casa 7,9, o balanço positivo entre vida pessoal e profissional 6,5 e, por fim, o impacto da resposta da OutSystems no ambiente e cultura interna da empresa 8,5.

As dinâmicas ao trabalhar com os filhos em casa, o ambiente propício para períodos de maior foco e concentração e as condições de trabalho em casa são os três principais desafios apontados pelos colaboradores.

“Estarmos fisicamente separados não significa estarmos distantes. Esta foi a ideia base que nos guiou na criação de políticas de trabalho remoto”, refere Alexandra Monteiro, responsável de Recursos Humanos

As medidas implementadas pela OutSystems incluem um microsite com conselhos, dicas e melhores práticas no trabalho remoto, e um apoio reforçado aos líderes de gestão para manterem contacto com toda a equipa, de uma forma virtual. Preveem também um apoio dedicado a colaboradores com filhos, para melhor gerirem o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

No campo de bem-estar, e usando as diferentes competências de cada colaborador, a OutSystems decidiu criar um espaço virtual com diferentes atividades que vão deste o yoga à meditação, passando pelo coaching, aulas de ginástica e de culinária, e até um clube de leitura.

No que diz respeito ao sentimento de pertença, as atualizações trimestrais conduzidas pelo CEO Paulo Rosado passaram a ser semanais, e foi ainda criado o espaço Ask me anything (Pergunta-me o que quiseres) onde cada colaborador pode fazer perguntas aos seus superiores, sobre os diferentes departamentos e atividades da empresa.

“Com um posicionamento focado na agilidade e preparação para as constantes e rápidas mudanças, a OutSystems tem conseguido manter-se totalmente operacional enquanto empresa, nas dinâmicas de equipa e até numa vertente mais individual”, sublinha Alexandra Monteiro, em comunicado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.