A Comissão Europeia alega que as operadoras de telefonia móvel Vodafone e mmO2 violaram as leis da concorrência na UE ao sobre-taxarem a terceiros a utilização das suas redes no Reino Unido, noticia o Financial Times na sua edição online.



Relativas ao período entre 1997 e 2003, as alegações da CE indicam que as duas empresas cobravam a outras operadoras internacionais mais 20 por cento do que os fornecedores domésticos, quando os preços de revenda eram muitas vezes mais altos do que os preços de retalho.



A questão sobre a inflação dos valores cobrados por roaming surgiu em Julho de 2001, quando a Comissão começou a investigar as sedes das operadoras na Alemanha e no Reino Unido. Na altura existia o receio de que houvesse um entendimento entre as mesmas para a fixação de preços. A acusação actual baseia-se, contudo, no abuso de posição dominante e não na suposta formação de um cartel.



O processo de acusação à Vodafone e mmO2 deveria ser formalizado em Maio, mas poderá ser adiado para Junho ou Julho. O executivo europeu deverá avançar com acusação idêntica contra a rede alemã da T-Mobile no final do ano, refere o Financial Times.



Notícias Relacionadas:

2003-04-23 - CE adia decisão sobre eventual ilegalidade do serviço de roaming

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.