O objetivo do mecanismo é agilizar a concretização de projetos críticos para o desenvolvimento da Europa, no domínio das infraestruturas, e para a coesão dos países da região. Os sectores visados pela medida são as telecomunicações, energia e transportes.



O orçamento alocado à medida é de 29,3 mil milhões de euros, que serão aplicados ao longo dos próximos sete anos. O valor a aplicar a projetos na área das telecomunicações é de mil milhões de euros (a maior fatia do orçamento será consumida pelo sector dos transportes, 23,2 mil milhões de euros).


Esta verba irá servir para apoiar projetos na área da banda larga e para promover o desenvolvimento de infraestruturas para serviços digitais.


Na mesma decisão, aprovada com 583 votos a favor, os eurodeputados aprovaram ainda um regulamento para a rede transeuropeia de transportes onde são definidos os potenciais projetos de interesse comum na União Europeia.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.