Depois da pausa do feriado, a fase principal do leilão do 5G avança para mais um dia de licitações. À semelhança dos últimos dias, o “apetite” das operadoras parece ter diminuído e, nas sete rondas de hoje, as licitações alcançaram os 322,045 milhões de euros. O valor representa uma subida de apenas 357 mil euros, espelhando o que se passou no 102º dia, com o valor mais fraco já registado ao longo do processo.

Através dos mais recentes dados da Anacom é possível verificar apenas subidas relativamente às propostas dos lotes da faixa dos 3,6 GHz, sem fugir à tendência dos últimos meses. Nesta faixa nativa do 5G contatam-se hoje subidas em relação a 7 dos 40 lotes disponíveis.

Clique nas imagens para mais detalhes

Em relação ao preço de reserva, os lotes da categoria J já valorizaram mais de 300%. Por outro lado, a valorização dos 6 lotes da categoria H, que quase duplicaram de valor nesta fase do leilão, continua a ser menos expressiva.

Embora a fase principal se prolongue há mais de 100 dias, o encaixe potencial não cresceu proporcionalmente. A totalidade do leilão, que inclui a fase reservada a novos entrantes, soma agora 406,396 milhões de euros.

Recentemente a Anacom a tomar uma decisão de alteração do regulamento, tendo em vista a aceleração do procedimento, cuja duração ultrapassa qualquer leilão de espectro em Portugal e na Europa.

Altice pede afastamento do presidente da Anacom para que o 5G possa ser uma realidade em Portugal
Altice pede afastamento do presidente da Anacom para que o 5G possa ser uma realidade em Portugal
Ver artigo

A decisão da entidade reguladora foi recebida com reações negativas por parte da Altice PortugalNOS e Vodafone. Ainda nesta semana, o presidente executivo da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, pediu o afastamento do presidente da Anacom para que o 5G possa ser uma realidade em Portugal.

O responsável referiu que que o leilão “leva já sete meses” e que processo está no ponto em que se encontrava em novembro de 2020. “Portugal é hoje um dos dois países europeus, a par da Lituânia, que não tem 5G ativo e não há perspetivas, pelo que a pergunta de quando é que vamos ter 5G deve ser feita ao regulador”, salientou.

Nota de redação: A notícia foi atualizada com mais informação. (Última atualização 18h55)

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.