O mais recente relatório da FTTH Council Europe revela que Portugal é o país com maior cobertura de fibra óptica (FTTH) em zonas rurais da União Europeia. O organismo responsável pelas redes de fibra ótica na Europa indica que, ao todo, 53% das casas em zonas rurais têm cobertura.

A Espanha ocupa o segundo lugar no “pódio”, com 42% das casas em zonas rurais com cobertura de fibra óptica, seguindo-se a Suécia, com 38%. Já países como o Reino Unido ou a Alemanha contam apenas com uma cobertura de 7,5% e de 6%, respetivamente.

Níveis de cobertura de fibra óptica em zonas rurais na UE
créditos: FTTH Council Europe | IDATE

De acordo com o estudo realizado pela IDATE para o FTTH Council Europe, Portugal está acima da média europeia de 18%. O organismo europeu dá a conhecer que em Portugal houve uma rápida implantação de redes FTTH em áreas rurais.

Acordo com DSTelecom vai permitir à NOS e Vodafone alargar cobertura de fibra
Acordo com DSTelecom vai permitir à NOS e Vodafone alargar cobertura de fibra
Ver artigo

Recorde-se que em julho de 2019, a NOS e a Vodafone alargaram o número de casas cobertas com fibra ótica através de um acordo com a DSTelecom. Na altura, previa-se que a NOS chegasse a 5,7 milhões de casas e a Vodafone a 5,3 milhões, somando mais 900 a 1,2 milhões de lares aos que já tinham nos mapas de cobertura.

Recentemente, a Altice Portugal revelou que a meta das 5,3 milhões de casas com fibra em Portugal em 2020 está cada vez mais perto de ser alcançada. Em 2019 foram 425 mil os novos lares com o serviço, prefazendo um total de 4,9 milhões. Num ano em que a empresa vendeu 49,99% da rede de fibra ótica e encaixou 2.315 milhões de euros, alcançou ainda o marco de um milhão de clientes com fibra, instalando os 60% da base instalada.

Anacom: Fibra ótica torna-se a principal forma de acesso à Internet em banda larga fixa em 2019
Anacom: Fibra ótica torna-se a principal forma de acesso à Internet em banda larga fixa em 2019
Ver artigo

Em março, a Anacom deu a conhecer que, no final de 2019, cerca de 67,3% das famílias subscreviam serviços de alta velocidade em local fixo e estima que, no mínimo, cerca de 5,3 milhões de alojamentos estavam cablados com uma rede de alta velocidade. Segundo a entidade reguladora, a fibra ótica é a tecnologia dominante, com uma cobertura de 78,7%.

No mesmo mês, a entidade indicou que no final de 2019, mais de metade dos acessos à Internet em banda larga fixa eram feitos através de fibra ótica (50,6%), quando há dois anos a percentagem se ficou pelos 45,2%. A Anacom deu ainda conta de um aumento de 17,4% do número de acessos da tecnologia relativamente a 2018, com 297 novos mil acessos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.