Os nomes foram escolhidos de um total de 170 startups candidatas, e acabaram por ser 67 e não 66, como incialmente previsto, as empresas que apresentaram os seus pitches finais, no evento Road 2 Web Summit.

O conjunto de vencedores foi revelado da parte da tarde, num momento que também serviu para anunciar o arranque de algumas medidas governamentais na área da inovação e empreendedorismo.

Entre elas estão os Vales de Incubação, um apoio vai permitir que as empresas possam comprar serviços às incubadoras, e os StartUP Vouchers, uma iniciativa promovida em parceria com o IAPMEI, destinada a jovens com idades entre os 18 e os 35 anos, que não tenham outra fonte de rendimento, nem uma empresa já constituída.

Recorde-se que Lisboa vai ser palco das próximas três edições do Web Summit. A primeira acontece no próximo mês de novembro e promete juntar cerca de 40 mil pessoas, mais de duas mil empresas e aproximadamente um milhar de investidores.

Esta é um dos maiores encontros sobre empreendedorismo da atualidade e o evento mais mediático da Europa nessa área. Nasceu na Irlanda mas decidiu mudar de casa, porque a organização considerou que Dublin já não tinha condições para acolher o evento, à escala que entretanto alcançou. Lisboa acabou por ser a cidade escolhida para esta internacionalização do conceito.

Além disso, foi também anunciado ontem que a capital portuguesa vai alojar o primeiro escritório internacional da empresa que gere o Web Summit.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.