Há várias gerações que a acordam humanos, mas o fenómeno que origina exatamente o "barulho" não era conhecida até agora. Utilizando câmaras de ultra-alta velocidade e técnicas modernas de captação de áudio, investigadores da Universidade de Cambridge descobriram o que causa o "pling pling" produzido por uma gota de água que cai numa superfície líquida.

Os cientistas defendem que o som não é causado pela própria gota, mas pela oscilação de uma pequena bolha de ar presa sob a superfície da água: a bolha obriga a superfície da água a vibrar, agindo como um pistão para impulsionar o som do ar.

Além disso, os investigadores descobriram que alterar esta tensão da superfície, por exemplo, adicionando detergente, pode parar o barulho. Os resultados são publicados na revista Scientific Reports.

"Muito trabalho foi feito ao nível da mecânica física em redor da torneira que goteja, mas não acerca do som e si", sublinha em comunicado Anurag Agarwal, do Departamento de Engenharia da Universidade de Cambridge, que liderou o estudo. "Mas graças à moderna tecnologia de vídeo e áudio, podemos finalmente descobrir a origem exata do som, o que nos pode ajudar a pará-lo".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.