As vendas de música digital da Warner Music subiram 8,9 por cento no último trimestre fiscal, com o sector a render 220 milhões de dólares (153,3 milhões de euros), reportou hoje a empresa. Um ano antes o valor situava-se nos 202 milhões de dólares.

As receitas do segmento, que já representam 32 por cento das receitas da empresa, reflectem um aumento das provenientes dos downloads e streaming de música.

O negócio digital também cresceu 17,6 por cento quando comparado com o trimestre fiscal anterior, o primeiro de 2011 (porque os trimestres fiscais da Warner não coincidem com os do calendário civil).

Os resultados obtidos neste segmento ajudaram a atenuar as quebras previstas para o negócio global daquela que é considerada uma das maiores editoras discográficas internacionais, mas são também importantes pelo crescimento do sector digital que reflectem.

A tendência não é, no entanto, acompanhada no segmento móvel, onde as receitas continuam a cair, detalha o comunicado à imprensa.

No que respeita aos números globais, as receitas da empresa cresceram 2 por cento, face a um ano antes, situando-se nos 682 milhões de dólares (cerca de 457 milhões de euros).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.