O novo investimento acaba de ser anunciado, com os dois novos novos investidores a juntarem-se à Goldman Sachs, KKR, Guidepost Growth Equity e Armilar Venture Partners. A ronda de investimento valoriza agora a OutSystems em 9,5 mil milhões de dólares, potenciando ainda mais o valor do unicórnio português, que está entre o restrito clube das startups portuguesas avaliadas em mais de mil milhões de dólares juntamente com a Farfetch e a Talkdesk.

Segundo os dados partilhados pela empresa, este financiamento será usado para expandir os investimentos na estratégia de Investigação e Desenvolvimento e go to market.

No último ano a Outsystems consolidou a expansão do seu negócio, com clientes em 87 países, mais de 1.300 colaboradores em todo o mundo e colaborações com 350 parceiros, incluindo a AWS, Deloitte e Infosys, o que permitiu chegar a novos mercados.

Investimento americano em startups europeias bate recordes em 2020. O que estamos a fazer bem? 
Investimento americano em startups europeias bate recordes em 2020. O que estamos a fazer bem? 
Ver artigo

A tecnológica tem sido reconhecida como líder no mercado de plataformas para o desenvolvimento rápido de aplicações, ou low code, permitindo a criação, implementação e gestão de aplicações de forma simplificada, respondendo a oportunidades de mercado através do seu software, de forma escalável.

"Estamos focados em ajudar os clientes a terem sucesso nas suas iniciativas de transformação digital mais desafiadoras e o anúncio de hoje é o reconhecimento do nosso progresso nessa jornada", afirma Paulo Rosado, CEO e fundador da OutSystems, citado em comunicado, lembrando que "ao mudar fundamentalmente a forma como o software é construído, a OutSystems torna possível que todas as organizações possam competir, inovar e crescer com os developers que já têm", sem ter de investir em aumentar as equipas técnicas, que são um recurso escasso.

OutSystems: “Acreditamos cada vez mais que vamos ser uma empresa mesmo muito grande”
OutSystems: “Acreditamos cada vez mais que vamos ser uma empresa mesmo muito grande”
Ver artigo

A Outsystems foi fundada em 2001 e a ambição da empresa foi sempre clara, mas nos últimos anos tem vindo a ganhar mais peso no mercado internacional. Em 2018 Rui Pereira, um dos fundadores da Outsystems, já garantia ao SAPO TEK que a tecnológica ia ser uma "empresa muito grande" com o objetivo de se transformar na “Autoeuropa do software”, referindo-se à forma como estava a ajudar a criar um ecossistema de empresas parceiras que estão a conquistar o mercado internacional à boleia das soluções e serviços da plataforma OutSystems.

Em dezembro de 2020 a empresa reforçou a parceria com a Amazon Web Services (AWS), juntando competências e abrindo portas a uma exposição global com base nas centenas de serviços que a gigante de cloud tem desenvolvido, em especial de Machine Learning e Inteligência Artificial.

A OutSystems já era parceira da Amazon e foi até distinguida como parceira do ano em 2020, no âmbito do AWS Partner Award 2020, com dois prémios nas categorias de Parceira Tecnológica do Ano e Parceira de Impacto Social do Ano, mas reforçou esta ligação com um acordo de colaboração estratégica multianual.

Segundo a informação partilhada, as empresas vão trabalhar em conjunto para melhorar o processo de desenvolvimento de aplicações e a sua disponibilização na cloud, juntando as competências da OutSystems em low code e OutSystems Cloud com as da Amazon Web Services e as centenas de serviços em que a gigante da cloud tem vindo a apostar.

Nota da Redação: a notícia foi atualizada com mais informação.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.