A ANACOM tem vindo a autorizar a utilização temporária do espectro nas faixas do 5G para ensaio técnicos e estudos científicos, alguns dos quais o SAPO TEK tem dado conta, e confirma agora que neste momento há 44 estações 5G ativas com testes técnicos.

"Várias entidades têm vindo a realizar um conjunto de estudos, projetos-piloto e demonstrações, em contexto de utilização prática, com vista a testar as potencialidades e funcionalidades das tecnologias rádio de novíssima geração", refere a autoridade reguladora das comunicações em comunicado.

Para a Anacom, a pesquisa em contexto prático na área do 5G "tem permitido acumular conhecimento sobre a nova tecnologia e constituir uma base robusta para a preparação da futura operação comercial destas redes". A autoridade adianta ainda que "estas experiências têm-se constituído como uma oportunidade relevante para sustentar o desenvolvimento socioeconómico do país".

Ao todo são 44 as estações que se encontram ativas, distribuídas por várias zonas do país, mas todas no litoral como se pode ver no mapa. Há também testes na Madeira e Açores (Ponta Delgada).

mapa 5G estações ativas
créditos: ANACOM

Lisboa tem a maior concentração de antenas ativas, com 19, seguida pela zona de Matosinhos e Porto, com 17 estações.

Portugal já foi apontado pelo Observatório do 5G como um dos países que fizeram mais testes, embora esteja reconhecidamente atrasado no lançamento do leilão, numa altura em que vários países já têm redes em funcionamento.

Recorde-se que está a decorrer a consulta pública sobre o leilão para as licenças do 5G que prevêm uma série de obrigações para os operadores que tiverem acesso ao espectro, incluindo em termos de cobertura do território e na garantia de duas cidades cobertas com 5G ainda este ano, uma no interior.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.