À medida que a tripulação da Crew-3 se prepara para partir para o Espaço em outubro, os astronautas da Crew-2 continuam empenhados na sua missão a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS).

Além das experiências científicas, a Crew-2 tinha na sua “lista de tarefas” espacial a atualização do sistema de alimentação solar da ISS, que decorreu entre os dias 16 e 25 de junho, numa missão desempenhada pelos astronautas Thomas Pesquet, da Agência Espacial Europeia (ESA) e Shane Kimbrough da NASA.

O processo, que envolveu três passeios espaciais e até algumas dificuldades técnicas ao começo, foi documentado pelo astronauta Akihiko Hoshide, da agência espacial japonesa (JAXA) e “condensado” em dois novos timelapses revelados agora pela ESA.

Ao longo de 10 dias, os astronautas atualizaram o sistema de alimentação solar da ISS através da instalação do iROSA (Roll-out Solar Array), que podem ser descritos como uma espécie de painéis solares compactos que se desenrolam como um tapete de yoga gigante.

Veja os astronautas em ação durante o primeiro passeio espacial

A ESA explica que no primeiro dos passeios espaciais, os astronautas começaram por preparar o sistema do iROSA e movê-lo para o local de instalação. Um pequeno problema técnico com o fato de Shane Kimbrough acabou por atrasar um pouco a primeira parte do processo, mas, depois de estar tudo resolvido, os astronautas voltaram “à carga”.

Já no segundo passeio espacial, Shane e Thomas “desempacotaram” os painéis, colocando-os no local correto, ligando-os à ISS através de cabos e assegurando que se mantinham bem fixos. De acordo com a ESA, os astronautas tomaram medidas extra de precaução para evitarem choques elétricos, como ligar os painéis à Estação durante o período de noite orbital.

Veja o timelapse do segundo passeio espacial

Enquanto a tripulação esperava pela atura certa, as luzes e a câmara do capacete do astronauta da NASA acabaram por se soltar, um problema que foi temporariamente resolvido com a ajuda de algum arame. Apesar de tudo, foi possível instalar o primeiro conjunto de painéis, num passeio espacial que durou quase seis horas e meia.

A base espacial Gateway vai ser crucial na missão da NASA à Lua. Veja as imagens conceptuais
A base espacial Gateway vai ser crucial na missão da NASA à Lua. Veja as imagens conceptuais
Ver artigo

Por fim, a 25 de junho, os astronautas voltaram a sair, desta vez para o seu terceiro passeio espacial, terminando a instalação do iROSA, que já está a funcionar e a dar energia à ISS. A ESA indica que o design dos novos painéis solares será utilizado na futura base espacial Gateway, que vai dar suporte aos astronautas em missões na Lua.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.