Escolas fechadas, computadores ligados em casa e uma nova realidade: ensino a distância a 100%. Têm sido assim os dias dos professores e estudantes portugueses desde que a pandemia de COVID-19 levou o Governo a encerrar os estabelecimentos de ensino, obrigando a uma enorme adaptação por parte de docentes e alunos.

Escolas fechadas: plataformas online são a nova alternativa para estudar em casa
Escolas fechadas: plataformas online são a nova alternativa para estudar em casa
Ver artigo

Apesar das plataformas online terem sido a maior aposta até agora, o Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, confirmou que vem aí uma nova Telescola para os alunos até ao 9º ano. O conceito é bastante diferente da realidade dos anos 60 e 70, garantiu, mas só amanhã é que serão divulgados os detalhes das medidas para o ensino.

Para ajudar professores e estudantes nesta nova realidade imposta desde 16 de março, têm sido várias as iniciativas lançadas em Portugal que querem responder às questões mais frequentes e disponibilizar ferramentas de apoio a professores. Neste artigo reunimos alguns projetos que pretendem que as escolas, e os próprios docentes, continuem "on".

Conheça as iniciativas de apoio a professores, algumas delas também direcionadas para os pais, desde webinars a plataformas online.

Apoioescolas.dge.mec.pt | Direção-Geral da Educação

A 16 de março, a Direção-Geral da Educação, em colaboração com a Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional, lançou um site, com um conjunto de recursos para apoiar as escolas na utilização de metodologias de ensino a distância. O objetivo foi, desde logo, dar continuidade aos processos de ensino e aprendizagem.

Encontros digitais de formação sobre uso do ensino a distância para professores e pais | LeYa

O ciclo de formações em live stream começou a 7 de abril e prolonga-se pelas próximas semanas. Tratando-se de uma iniciativa da LeYa Educação, os encontros digitais pretendem dar resposta às dúvidas mais frequentes que professores e encarregados de educação têm revelado com a nova realidade do ensino a distância. O acesso é gratuito e a inscrição pode ser feita diretamente na página da LeYa Educação até à hora de início de cada sessão.

Escola Virtual em contexto de ensino-aprendizagem | Porto Editora

Educadores de infância, professores do ensino básico e secundário de qualquer grupo de recrutamento são os destinatários do curso online da Porto Editora. A formação gratuita "Escola Virtual em contexto de ensino-aprendizagem" tem uma duração de 10 semanas e é constituída por cinco módulos.

O objetivo é dotar os professores das competências necessárias para explorar os recursos educativos digitais e as funcionalidades de acompanhamento e monitorização das aprendizagens a distância, disponibilizadas na Escola Virtual. O acesso a este curso é válido desde o momento da inscrição.

Online classes & lectures with all your students | Microsoft

A Microsoft disponibilizou uma lista de webinars já realizados e futuros, aos quais os professores podem aceder e lançou um especial: "Online classes & lectures with all your students". A sessão acontece a 9 de abril, às 16h, sendo necessária uma inscrição.

Personal Trainer para Ensino à Distância | PRIMAVERA BSS

A tecnológica PRIMAVERA BSS criou um projeto solidário para ajudar os professores a cumprirem com a sua missão. “Personal Trainer para Ensino à Distância” dá nome à iniciativa que apoia os profissionais de educação a tirarem um melhor partido das plataformas digitais, nesta nova forma de trabalhar e ensinar. Para obterem o suporte, os professores ou as instituições de ensino têm de se registar na plataforma e a cada profissional será atribuído gratuitamente um "personal trainer digital", que irá ajudar a preparar as aulas online.

School Keep | tech4COVID19

O encerramento das escolas como medida de prevenção para evitar a propagação da COVID-19 fez com que as aulas à distância se tornassem na nova realidade para milhares de alunos. No entanto, nem todos os estudantes têm as melhores condições de acesso ao ensino online. Para ajudar a combater as desigualdades no acesso à educação, o movimento tech4COVID19 lançou o projeto School Keep.

A iniciativa passa primeiro por determinar quantos alunos não têm as condições necessárias em casa para poder frequentar as aulas à distância. A School Keep quer angariar e disponibilizar equipamento informático aos estudantes que necessitam através de um sistema de apadrinhamento.

Software Livre para Ensino e Teletrabalho | ANSOL e comunidade Ubuntu Portugal

A ANSOL e a comunidade Ubuntu Portugal criaram um site onde apresentam uma lista de software livre e gratuito, que pode ser utilizado para colaboração entre alunos, professores e unidades de ensino. A lista contém especificamente recomendações para o ensino, abrangendo várias disciplinas, como Música, Física ou Matemática, abrangendo diversas faixas etárias.

Teach Frome Home | Google

Em plena pandemia de COVID-19 a Google tem lançado vários novos recursos ou ofertas para os professores. Um deles foi o hub temporário Teach Frome Home, com informações e ferramentas para ajudar os professores nesta fase execional. A gigante tecnológica tem ainda lançado vários recursos de apoio, desde compilações de apps para docentes até webinars.

Um guia para pais e educadores: Como proteger os seus filhos e alunos | Unicef

Como explicar às crianças o que é uma epidemia? Esta é uma das questões que o documento lançado pela Unicef a 23 de março dá resposta. Como objetivo, o recurso pretende não só explicar os cuidados de saúde a ter nesta fase excecional, como também dar dicas para os professores e pais explicarem o que significa em concreto a pandemia de COVID-19, sem assustar as crianças.

O que tem sido feito para ajudar as escolas no ensino a distância?

Numa primeira fase, o objetivo da DGE era que todas as escolas mantivessem o contacto diário com os alunos e, de forma gradual, introduzissem processos e ferramentas mais complexas de interação. De notar que não foram esquecidos os alunos que "ainda não têm acesso à Internet ou ao equipamento", com a DGE a apostar num "contacto estabelecido através de organizações e associações locais ou da Junta de Freguesia", que poderá assegurar que estes alunos também recebem materiais e tarefas para fazer.

Em resposta à COVID-19 vem aí uma nova Telescola para os alunos do ensino básico em Portugal
Em resposta à COVID-19 vem aí uma nova Telescola para os alunos do ensino básico em Portugal
Ver artigo

A aposta tem sido também ajudar os próprios docentes a ensinarem de forma mais eficiente através do ensino a distância. Desde final de março com uma equipa para ajudar as escolas neste sentido, o Ministério da Educação lançou a “brigada” de apoio "Estamos on com as escolas" para apoiar professores e diretores, composta por mais de 100 profissionais. O organismo do Governo desenvolveu ainda um instrumento de apoio aos diretores das escolas públicas e privadas, depois de as associações de professores e sociedades científicas estarem a disponibilizar, em parceria com a DGE, recursos educativos e formação à distância.

Numa altura em que as plataformas têm sido a grande aposta, a verdade é que a cibersegurança é outro problema que nas aulas presenciais não era uma questão tão relevante. A plataforma Zoom, que está a ser utilizada por várias escolas e universidades em Portugal, chegou mesmo a ser proibida no ensino a distância em Nova Iorque por não ser considerada segura.

Nota de redação: Notícia atualizada com mais informação a 14 de abril pelas 13h

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.